Casa Casulo

 

Tempo de primavera

As flores não se importam

Se você pode vê-las,

se você está em casa,

se você está com alguém ou não

Elas seguem seu curso.

Tempo.

 

Mas o que importa mesmo?

O sol nasce,

e se põe todos os dias.

A lua segue sua rotina de fases.

Dias, horas, meses, minutos

e o relógio também não se importa

se você está em casa,

se você está com alguém ou não,

ele segue.

 

O que realmente importa

Não importa mais

Os rios seguem seus cursos

As árvores perdem as folhas no outono

E também não se importam.

 

Os dias passam rápido

As noites são longas, sem fim

embaladas pela minha insônia

Mas não importa

Com poucas horas dormidas,

acordo de manhã com impotência

misturada com cansaço e tédio

Mas não importa

Estar só ou não,

dormir ou não

estar entediada ou não.

Vejo o tempo passar pela janela

Contando o tempo, entender que posso

apenas cuidar

Num tempo fora do tempo

 

Em um universo paralelo, só meu

continuo sem me importar

Se estou só ou não

Mas penso, penso todos os dias

no que realmente importa

neste estar isolada

Tempo louco

que nos leva em frente

Só me resta esperar, sem pressa

 

Tempo de quarentena

Tempo de esperar

Tempo para pensar

Refletir e meditar

Tempo de limpar e cozinhar

Tempo de ser feliz

Tempo de amar

Setembro 2020